Gilmar Mendes pode liberar candidatura de Lula, mesmo condenado em 2ª instância


Fonte: Gilmar Mendes pode liberar candidatura de Lula, mesmo condenado em 2ª instância

AO moro COM …

Deixe um comentário

SANGRANDO O ERÁRIO – rapina


http://www.contasabertas.com.br

Governo Temer mantém 100 mil cargos de cargos, funções de confiança e gratificações

em Orçamento | 17.07.2017

Apesar das promessas, há pouco mais de um ano na presidência, Michel Temer praticamente não mudou o número de cargos, funções de confiança e gratificações do governo federal. A quantidade de funcionários nessas funções se manteve em cerca 100 mil funções de confiança no último ano.

A maior parcela dos cargos está concentrada no Ministério da Educação, que possui 47.252 cargos, funções de confiança e gratificações. A Pasta é responsável diversas unidades orçamentárias e gestoras espalhadas pelo país, como universidades e institutos de educação federais, por exemplo.

Na segunda colocação, está o Ministério da Fazenda com 6.688 cargos, funções de confiança e gratificações. A maioria dos cargos estão alocados em unidades do Distrito Federal e de São Paulo.

Na Presidência da República existem 6.293 mil cargos, funções de confiança e gratificações. Esses cargos representam cerca de 30% dos 20 mil funcionários que estão lotados na Pasta.

Em setembro do ano passado, uma lei federal extinguiu 10,4 mil cargos de chefia no governo federal que podiam ser ocupados por qualquer pessoa indicada e os substituiu por gratificações que só podem ser dadas a funcionários públicos de carreira, as chamadas Funções Comissionadas do Poder Executivo (FCPE).

Em maio do ano passado, existiam 20.934 cargos de Direção e Assessoramento Superior (DAS). Atualmente, as funções de DAS e FCPE somam 19.829, isto é, apenas 1.105 cargos a menos.

A promessa do governo com a publicação do Decreto nº 8.785/2016 e da Medida Provisória 731/2016 era a extinção de 3.384 cargos de DAS, além da transformação de 10.462 cargos DAS em FCPE.

Segundo o ministro do Planejamento, Dyogo de Oliveira, a medida visava gerar economia da ordem de R$ 230 milhões por ano. O próprio ministro admitiu que a redução de custos é “baixa” diante do gasto anual do governo com folha de pagamento dos servidores ativos e inativos, que é de R$ 250 bilhões anuais.

Para Gil Castello Branco, secretário-geral da Contas Abertas, priorizar os funcionários foi uma decisão acertada, mas quantitativamente o governo praticamente só alterou nomes de cargos e funções. “O governo ainda tem quase 100 mil cargos, funções e gratificações, o que mostra que ainda há muito o que cortar nas despesas na administração pública federal”, afirma.

 

Deixe um comentário

Moro confirmou seu papel no golpe


Fonte: Moro confirmou seu papel no golpe

Partidarismo e cega obediência

Deixe um comentário

Tribunal de Justiça de São Paulo


Fonte: Tribunal de Justiça de São Paulo

Ao mérito com Justiça

Deixe um comentário

Tribunal de Justiça de São Paulo


Fonte: Tribunal de Justiça de São Paulo

Justo e certo

Deixe um comentário

FAZES DE UMA VIDA


A ÁRVORE E O RAMO

Extraída do oblog-do-mario-blogspot.com

As árvores são como qualquer ser vivo, elas nascem, crescem, se reproduzem e depois morrem. 

Existe diferença entre ser uma árvore ou ser um simples ramo dela. A árvore é formada pela raiz, pelo tronco, pelos ramos e pela folhas. Todas as partes da árvore, sem exceção, são fundamentais para sua existência, cada uma tem sua função especifica, nenhuma se sobrepõe.  

A raiz é responsável por extrair do solo a água e os nutrientes, o tronco é responsável sustentar a árvore e também conduzir os nutrientes e a água por toda a planta, os ramos são responsáveis por abrigar as folhas que são responsáveis pela realização da fotossíntese e também as flores e os frutos que são responsáveis pela reprodução da planta.       

O tempo de vida de uma árvore depende da sua espécie, algumas vivem apenas algumas décadas, enquanto outras podem viver mais de 3000 anos. Elas também crescem em ritmo diferente, enquanto no Brasil o Eucalipto leva cerca de 6 anos para atingir o tamanho ideal para ser colhida para a ser utilizada na fabricação de papel ou transformada em móveis, nos Estados Unidos ou na Europa o Pinus demora 35 anos para a árvore poder ser utilizada para a mesma finalidade.

Quase 95% das sementes produzidas por uma árvore morrem antes de germinar, das que germinam apenas 5% sobrevivem por mais de um ano. Inúmeros fatores provocam a morte dessas árvores, como por exemplo a falta de água, o solo pobre, o vento forte, a mudança brusca de temperatura.

A sabedoria é a “árvore de vida para os que a alcançam, e felizes são todos os que a retêm” (Provérbios 3:18), é verdade que existe uma variedade grande de árvores, mas no jardim de Deus elas não são rivais (Ezequiel 31:8).

Existem árvores cujo os frutos são comestíveis e saborosos, mas existem árvores cujo os frutos não servem para alimentar, pois, são venenosos. Logo, faz toda a diferença estar junto com os demais ramos em Jesus que é o tronco da videira verdadeira cultivada por Deus (João 15:1). 

Estar noutra árvore pode ser tóxico e significar a morte, ou simplesmente dar outros tipos de frutos, ou por  “acaso, meus irmãos, pode a figueira produzir azeitonas ou a videira, figos? (Tiago 3:12).    

E para que não haja dúvidas sobre o que  somos nesta árvore, disse Jesus: “Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer” (João 15:5).

Uma certeza temos: nossa vide não será estéril, assim diz o Senhor dos exércitos (Malaquias 3:11).

Até podemos optar em ser a própria árvore ao invés de ser um humilde ramo na videira, e ser parte daqueles 5% das sementes que sobrevivem a mais de um ano após te brotado, mas neste caso nossa existência será limitada, pois, somente a videira verdadeira é eterna, assim, certamente nasceremos, cresceremos, daremos frutos, mas um dia certamente morreremos.

Sendo um ramo da videira verdadeira, somos cultivados por Deus, nutridos e sustentados por Jesus Cristo, o tronco que não se enverga com o vento forte, a árvore que não perece quando o solo pobre, seco ou a temperatura é hostil.

Certeza temos que Jesus Cristo é a videira verdadeira e Deus o lavrador, e que os ramos desta videira só produzem frutos se estiverem ligados ao tronco, assim, separados do tronco da árvore que dá vida que nos permite dar frutos, morremos e não passaremos de galhos secos.

Melhor mesmo, ser ramo, e estar ligado na videira verdadeira, o ramo que tem a pretensão de ser árvore acaba assumindo o lugar de ninguém menos que Jesus Cristo.

Um ramo sem raiz e sem tronco não se sustenta, nem se alimenta, consequentemente, não dará frutos, ou seja, o ramo por si só não sobrevive.

Deixe um comentário

Vídeo: Joesley diz que nunca gravou Lula, porque nunca tratou propina/dinheiro com Lula – Falandoverdades


Fonte: Vídeo: Joesley diz que nunca gravou Lula, porque nunca tratou propina/dinheiro com Lula – Falandoverdades

E agora?

Deixe um comentário